Responsabilidade Empresarial

A MPDC acredita que deve ter um papel de relevo no apoio a projectos que visam melhorar e/ou facilitar ao acesso à educação, cultura e desporto. Estes são alguns dos projectos/iniciativas que apoiamos de forma regular.

Livro Aberto

livro_abertoA Associação Livro Aberto desempenha um papel fundamental na educação de crianças na primeira infância em comunidades carenciadas. Está presente em Moçambique desde 2007 e tem como principal objectivo reduzir os índices de analfabetismo. Suas áreas de actuação resumem-se à educação, linguística e literatura, através de workshops comunitários, bibliotecas móveis, publicação de literatura infantil moçambicana e instrução de literatura aos educadores e encarregados de educação usando um modelo de literatura reconhecido internacionalmente.

Clube Ferroviário

ferroviarioO Clube Ferroviário é um dos mais tradicionais clubes na história da Cidade de Maputo e de Moçambique. Fundado em 1924, agrega desportos como futebol, basquetebol, natação, ciclismo, atletismo, boxe, karate e hóquei em patins. O Ferroviário é, por tradição, acarinhado pela comunidade ferro-portuária. Assim, a MPDC tem vindo a financiar um dos clubes com maior destaque e história nacional, ao mesmo tempo que é promovido o desporto e bem estar desta mesma comunidade ferro-portuária.

Locomotiva de esperança

Desde 2005 que a MPDC apoia o projecto Locomotiva de Esperança, um campeonato de futebol infantil entre bairros, envolvendo também orfanatos e associações que apoiam crianças carenciadas. Este campeonato visa dar a oportunidade de troca de experiências entre os participantes bem como a descoberta de talentos (alguns dos quais já integrados na equipa de futebol júnior do Clube Ferroviário).

Projecto Xiquitsi

xiquitsi-logosO Projecto Xiquitsi, uma iniciativa Kulungwana, visa a inserção social, bem como a capacitação profissional por intermédio do ensino colectivo de Música, iniciando assim, a formação daquela que será a primeira Orquestra Juvenil de Música Clássica em Moçambique.

Esta iniciativa representa uma possibilidade de mudança na vida de jovens e crianças que, através da prática colectiva de música, adquirem ferramentas essenciais para o desenvolvimento pleno das suas capacidades. A formação desta orquestra será baseada em experiências em países como o Brasil e a Venezuela em projectos semelhantes.