MPDC vai iniciar reabilitação de 1058 metros de cais em Junho

A Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC) assinou o contrato para a reabilitação dos cais 6, 7, 8 e 9 do Porto de Maputo, um investimento de 64 milhões de dólares. Tratam-se de 1058 metros lineares de zona de acostagem que serão aprofundados para -15 metros, permitindo assim que o porto receba navios de maior calado.

“Este é um projecto de grande envergadura e assinala um dos mais importantes marcos do Plano-Director do Porto de Maputo. A reabilitação irá não só criar cais com fundos de até -15 metros, como irá melhorar a taxa de ocupação dos cais através da criação de uma maior área de atracação”, esclareceu Osório Lucas, referindo que o projecto irá reabilitar o cais 6 que não é actualmente utilizado. Os trabalhos de reabilitação terão início em Junho e serão levados a cabo pela empresa Mota-Engil.

O projecto contempla um programa de estágio para jovens engenheiros Moçambicanos, uma vez que se trata de uma obra portuária única no nosso país. O programa teve um total de 55 candidatos, dos quais 6 serão seleccionados para integrar as diferentes fases da obra.
A obra de reabilitação dos cais surge na sequência da dragagem de aprofundamento do canal de acesso ao Porto de Maputo, concluída em Janeiro de 2017, que representou um investimento de 86 milhões de dólares norte-americanos. “A dragagem permitiu um aumento de 40% da capacidade de carga em Maputo e de 55% da capacidade de carga na Matola”, afirmou o Director Executivo Osório Lucas. “A reabilitação destes cais irá permitir que, do lado de Maputo, também possamos retirar o máximo potencial da obra de dragagem”, adiantou.

A reabilitação do cais 9 tem término previsto em Fevereiro de 2019 e a obra dos cais 6, 7 e 8 tem a sua previsão de conclusão em Dezembro de 2019.