Adjudicada dragagem de manutenção ao canal de acesso ao Porto de Maputo

Após a dragagem de aprofundamento do canal de acesso ao Porto de Maputo em 2016/2017, de -11 metros para até -14.3 metros, vai iniciar em breve a primeira dragagem de manutenção ao longo dos canais de acesso.

A dragagem irá incidir sobre os canais da Matola, Katembe, Polana, Xefina e Canal do Norte e serão removidos cerca de 1.4 milhões de metros cúbicos. Serão também mantidas as cotas dos cais dos terminais de Maputo e Matola.

Esta operação foi adjudicada à Jan de Nul Dredging Ltd. através de um concurso público.  Estima-se que a dragagem de manutenção inicie já em Outubro e tenha uma duração total de quatro meses. A par desta, recorde-se, decorrem ainda os trabalhos de reabilitação dos cais 6, 7, 8 e 9 que têm um fim previsto para o segundo trimestre de 2020.

Tal como na dragagem de aprofundamento de há dois anos, haverá uma coordenação permanente entre a draga e a equipa envolvida e as operações portuárias, de forma a assegurar a transitabilidade do canal. A dragagem não irá causar qualquer distúrbio ao decorrer normal das operações portuárias.

Como tem sido apanágio nas grandes obras levadas a cabo no Porto de Maputo, a componente de formação de jovens estagiários será incluída no projecto. A dragagem de manutenção abrirá a oportunidade a estudantes das áreas de Engenharia, Marinha e outras, de acompanharem todos os aspectos da operação e, com isso, enriquecerem os seus curricula.